Voce tem zumbido

O zumbido é um indicativo de problemas no sistema de processamento do som e também pode estar relacionado a uma variedade de doenças. A maioria das pessoas que sofrem com o zumbido também tem dificuldades de audição.

Além dos danos ao sistema auditivo, o zumbido também pode ser causado por uma disfunção dentária (o bruxismo, por exemplo) e dor cervical crônica.

Apesar do stress ser a causa mais comum de zumbido, não há base científica que possa comprovar a ligação entre zumbido e stress. Mas o zumbido pode causar stress. Ruídos agudos são mais percebidos quando a pessoa está tensa.

Alguns medicamentos podem desencadear o zumbido. Uma vez que o uso da medicação é interrompido, o zumbido normalmente desaparece também. Mas alguns medicamentos podem causar danos irreparáveis, que podem resultar em zumbido permanente.

Outras causas relacionadas são: perda da audição, doenças neurológicas, acúmulo de cera no ouvido, depressão e dieta inadequada.

Controle do zumbido: aprenda a lidar com o zumbido

O zumbido pode ser tratado mesmo se não existe uma causa determinada. Existem muitas maneiras do paciente lidar com a sua condição – mudanças de hábitos e atitudes para que o zumbido não tome o controle de suas vidas.

A chamada “terapia cognitivo-comportamental” por exemplo, é muito promissora. Sua linha de raciocínio e percepções tem um papel decisivo nesse método. As sessões de terapia tem conteúdo variado e promovem a auto-ajuda. A terapia tem como foco informações orientadas, análise do comportamento pessoal, prática de exercícios e experiências positivas. A terapia congnitivo-comportamental concentra-se nos seguintes aspectos:

Aprender mais

  • Explicações detalhadas do sintoma zumbido: verdades e mentiras
  • Por que é tão importante não ouvir o zumbido; qual o papel das nossas emoções e sentimentos?
  • Qual o papel do stress no que diz respeito ao zumbido?

Mudar hábitos

  • Aprender métodos de relaxamento
  • Praticar viagens imaginárias para evocar emoções positivas
  • Transformar pensamentos e atitudes negativas em um pensamento útil (“eu posso vencer o zumbido”)
  • Modificar hábitos que estimulam o zumbido, por exemplo: reduzir seu círculo de amizades, evitar atividades
  • O que fazer se o zumbido aparecer de novo (técnicas de habituação)

Reaprender a ouvir

  • Estimulação acústica e treinamento para o uso de aparelhos auditivos, geradores de som, dispositivos combinados ou outras fontes sonoras para desviar a atenção do zumbido.

Conheça nossa linha de aparelhos auditivos para zumbido:

Ace Binax

Pure Binax

Pure Carat Binax

Life Micon

Nitro Micon

Aquaris Micon

Motion Micon

Orion

Insio

Orion

 

Quer saber mais? Entre em contato com a AUDILOG e pergunte sobre a Terapia de Suporte ao Zumbido da Siemens.